Back to Sociologia

O Elogio do Conservadorismo – João Camilo de Oliveira Torres

R$59,00

Categorias ,

Descrição

“Os pais fundadores do conservadorismo brasileiro são arquétipos fundamentais, mas creio que aquele que pode ser a nossa referência moderna é o intelectual mineiro João Camilo de Oliveira Torres. Foi ele que, como nenhum outro, refletiu e empreendeu esforços para desenvolver um pensamento conservador genuinamente brasileiro que não se encerrava num escopo meramente político.”

É assim que Bruno Garschagen, prefaciador do livro, define o autor de O Elogio do Conservadorismo.

Historiador, filósofo da história, o injustamente esquecido João Camilo é autor de mais de 40 obras em áreas distintas como história, política, educação e religião — livros fundamentais sobe o pensamento político brasileiro, como A democracia Coroada e Os construtores do Império.

Ainda nas palavras de Bruno Garschagen, “coletânea inédita composta por artigos para a imprensa, o mérito deste livro está na exposição de um pensamento conservador articulado e genuinamente nacional.”

Título: O Elogio do Conservadorismo
Subtítulo: E outros escritos
Autor: João Camilo de Oliveira Torres
Organização: Prof. Daniel Fernandes
Prefácio: Bruno Garschagen
Páginas: 400
ISBN: 978-85-92855-00-0
Editora: Arcádia
Ano de publicação: 2016
Formato: Brochura
Tamanho: 16x23cm


ÍNDICEPARTE I – A POLÍTICA CONSERVADORA: ‘SER É PERSISTIR’

01.Conceito de conservadorismo
02.Elogio do conservadorismo
03.Fins do conservadorismo
04.Passado, presente e futuro
05.Ruptura e continuidade
06. A Irreversibilidade em História
07. A Graça e a História
08.Um curioso equívoco
09.O mito do herói-salvador
10.Ideias e ideologias
11.A etapa final das revoluções
12.Renascimentos e restaurações
13.Regimes e reforma social
14.O problema da ditadura
15.Definição de povo
16.O corpo político
17.O caráter da representação
18.Eleição e escolha dos governantes
19. A origem da autoridade
20. A teoria da translação
21.Delegação e representação
22.O comodismo intelectual
23.O ofício da realeza
24.A originalidade do Império
25.O Estado como poder moderador
26.O Estado megatério
27.Os dois tipos de nações
28.O parlamentarismo do Império
29.O parlamentarismo no Brasil
30.O parlamento e o povo
31.O equívoco sociológico do presidencialismo
32.Integração política
33.A questão da legitimidade
34.A tríplice legitimidade
35.O caráter limitado da soberania
36.A Revolução Portuguesa
37.A Revolução Brasileira
38. A teoria da república
39.A ambiguidade da república
40.A política e o dever dos católicos
41.Nominalismo filosófico e realismo sociológico
42.A hostilidade a Portugal e a história
43.Nacionalismo e tradicionalismo

PARTE II – ESPÍRITO E CULTURA: ‘VIVER É DESPEDIR-SE’

44.O conceito de cultura
45.O valor dominante
46.O esplendor do barroco
47.Faces da Igreja
48.Etapas da Igreja
49. O conceito de cristandade
50. Bernanos
51. Igreja e Estado
52. Passons aux barbares
53.Meditação sobre a vigília de páscoa
54.O trabalho na encarnação redentora
55.O pecado essencial
56. O escritor cristão e a vaidade literária
57. Vocação e missão
58.O escritor e o serviço público
59. Marx à luz do marxismo
60. A física abstrata


 

Informação adicional

Peso 0.400 kg
Dimensões 23 x 16 x 2 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Elogio do Conservadorismo – João Camilo de Oliveira Torres”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *