Hitler e o Desarmamento – Como o nazismo desarmou os judeus e os “inimigos do reich”, por Stephen P. Halbrook

postado em: Dica de leitura | 0

Neste incrível livro de Stephen P. Halbrook, o nazismo é abordado de uma maneira totalmente inédita, não apenas como um regime assassino que matou milhões de pessoas, mas como um conluio estratégico que se beneficiou do desarmamento civil.

Na introdução, o autor já começa nos fornecendo o exemplo de um ginasta judeu, Alfred Flatow, que, no regime anterior ao nazista, a República de Weimar, comprou três pistolas e fora obrigado a registra-las, uma vez que o registro de armas era política do governo republicano. Entretanto, após os nazistas terem tomado o poder, eles utilizaram o mesmo registro, não apenas para intensificar o desarmamento, mas, principalmente, para assassinar todos os judeus armados, os quais poderiam ser caracterizados como inimigos de estado. Logo, as armas de Alfred Flatow foram apreendidas. Contudo, no relatório da apreensão constava: “Armas nas mãos de judeus são uma ameaça à segurança pública”. Mais tarde, Flatow viria a morrer num campo de concentração…

Durante o período anterior ao nazismo, a República de Weimar, quando se iniciaram as políticas de desarmamento, o objetivo, segundo o governo, era garantir a segurança da sociedade e evitar que fossem criadas milícias armadas. Deste modo, as leis desarmamentistas foram se tornando cada vez mais repressivas, a tal ponto que, praticamente, apenas a polícia tinha posse de armas de fogo. Assim, aproveitando da situação, diferente dos socialistas bolcheviques, os socialistas nazistas optaram por não se oporem à polícia, mas a unir-se a ela, de modo que a sua estrutura estatal repressiva já começou à todo o vapor desde o primeiro dia de regime.

Também, além de mencionar diversos fatores interessantes, o autor da obra também fala sobre as propagandas desarmamentistas projetadas por Goebbels, as quais assemelham-se muito as utilizadas atualmente pelas emissoras de televisão, pelos governos e políticos de todo o mundo.

Sobre o autor

 

Stephen P. Halbrook é advogado – especializado nos fundamentos da Segunda Emenda à Constituição americana (emenda que justifica o armamento civil nos EUA) -, escritor e professor, conhecido por sua vitória na Suprema Corte em favor da National Riffle Association. É Senior Fellow da Independent Institute, lecionou filosofia legal e política na George Mason University e no Tuskegee Institute. Muitos de seus livros já foram citados em casos na Suprema Corte americana.

Deixe uma resposta